sexta-feira, 30 de março de 2012

Há dias tenho pensado em escrever esse texto, mas o tempo... Bom... O tempo diz não sobrar tempo para essas coisas, mas hoje eu não ouvi o tempo, espremi-o - kkkkkkk - e escrevi e aqui está:

             Amores que nunca morrem

               Todos os dias quando me arrumo para ir ao trabalho abro as portas do guarda-roupa (duas portas, da perfumaria pra ser exata) e lá ao fundo estão dois portas-retratos um de vidro e outro de madeira, dispostos um ao lado do outro. Os dois, apesar de apesar de possuírem protagonistas diferentes foram originados da mesma nascente. Uma nascente límpida e tranqüila onde todos nós, seres humanos, deleitamo-nos. Eu estou falando daquele amor que segundo Mário Quintana, nunca morre. Inclusive esta frase de Quintana figura num dos porta-retratos e no outro, a máxima “Amigos não passam, permanecem para sempre”.

 No 1º porta-retrato, Eliane e Aleksandra e no 2º, Eliane e Elzinha.
               
                Duas amigas diferentes, feitas em distintos ambientes e momentos de minha vida, mas que partilham desse mesmo amor, que não morre, ao contrário, permanece para sempre. Dividimos, nós partilhamos AMIZADE! O comum das fotos é que me foram dadas em momentos de despedidas. Em certo momento da minha vida comecei a fazer as malas e partir, partir para evitar o ficar para sempre. E deu muito certo.
               
                  Partir nem sempre é ruim, ruim mesmo é viver no marasmo, no mesmo lugar sendo mero observador das vidas alheais, olhando através da janela “um homem que vai devagar, um cachorro que vai devagar, um burro que vai devagar...”. Ver a vida a passar sem protagonizar a sua própria. Eu parti e fez-me muito bem. Primeira despedida, primeiro porta-retrato, segunda despedida, segundo porta-retrato. Não são apenas porta-retratos, a presença deles indica que pessoas me CATIVARAM e depois disso nossas vidas ficaram como que cheias de sol. Muito mais que isso, todos os dias quando estou diante deles me cochicham que em algum lugar - sob o sol ou sob a lua - a milhas e milhas de distância essas pessoas se lembram de mim, semelhante ao que ocorreu com a raposa e o Pequeno Príncipe: "A raposa disse:
_Vês, lá longe, os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelos cor de ouro. Então será maravilhoso quando me tiveres cativado. O trigo, que é dourado, fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo..."

              Quando se parte, apenas deixamos de estar presentes fisicamente, porque a amizade verdadeira se propaga a longas distâncias, afinal, facebook e as milhares de operadoras de telefonia estão ai para cooperarem com esses amores eternos.

                 Vinícius em seu escrito intitulado “Pra se viver um grande amor” traz uma série de conselhos, todos eles, orientações para que se possa - efetivamente - viver um grande amor, a amizade não, não é necessário quase nada, a não ser um coração aberto e disposto a amparar/acolher/entender alguém - que nunca será igual a você - e levá-lo para todo o sempre consigo, aonde quer que você vá. Meu coração, que se apega fácim, fácim, bobo,  meigo e chorão está repleto desses amores.

                Que me perdoem todos os meu outros amores - e não são poucos -  por eu não ter igualmente suas (nossas fotos) em porta-retratos expostos em meu guarda-roupa, mas penso também que não há porta-retrato melhor que o da alma para se ter esses amores que nunca morrem...

Bjo eterno,
Lyu Letras


8 comentários:

  1. A amizade traduz muitas coisas e a principal é o amor, esse mantem os amigos eternamente em nossos corações. Bjim Lyu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi,

      Em breve seremos nós... Faremos nosso porta-retrato, rsrs.

      Obrigada pelas palavras.

      Bjão...

      Excluir
  2. Simplesmente lindo! Verdadeiro! Terminei de lê-lo com os olhos lacrimejando e a voz embargada, porque seu texto me fez lembrar daquilo que nunca me esqueço: minhas amigas. Especialmente sua irmã, que ocupa um lugar mais que especial em meu coração. Eu que que entendo tanto de partir, mudar, recomeçar, não "ficar vendo da janela" a vida passar. Fui tocada especialmente porque anteontem deixei alguns coracões que "CATIVEI", e como sempre parti, segui viagem, segui meu caminho. E... ficou a saudade, ah a danada saudade-" é o amor que fica".


    Beijocas,
    Elisângela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente veio visitar-me, kkkkk... Obrigada pela visita e muito mais por suas palavras! Bjão.

      Excluir
  3. Querida amiga,
    Fiquei tão feliz ... tão saudosa ao ver nossa foto... estas palavras... Lembrar daquele dia de despedida e de todos os momentos simples e verdadeiros que vivemos juntas é sempre muito especial pra mim. Repito aqui algumas palavras que te disse naquela noite de julho:"tal qual o filósofo sentiu, eu senti ter ganhado mais um braço ou asas ao te conhecer". AMo-te muito e sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, querida,

      Todos os dias olho pra vc, olho pra nós naquele porta-retrato e vem em minha mente muitas memórias lindas e aí meu dia já amanhece feliz...

      Obrigada por seu amor...

      Excluir
  4. ALEKSANDRA FIGUEIREDO3 de abril de 2012 15:22

    Amiga,estou muito feliz em saber que esta foto esta ai com vç,te fazendo compania, queria mesmo poder estar perto de vç pessoalmente. mas como vç mesmo disse a distancia é só fisica, porque vç mora em meu coração e nossa amizade é alem de qualquer coisa, principalmente dessa tal 'distancia'.
    te amo ,sinto falta dos nossos momentos juntas,mais entendo que partir fez muito bem para vç, pois vç está tao feliz e isso é tudo que te desejo, muita felicidade!!!! bjos linda, saudades. Jesus te ama. SANDRA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, amiga,

      Eu ainda tenho nossa foto, rsrsrs, e ela, graças a Deus tem contribuído para minha alegria matinal. Mas mais que a foto, vc mora no meu coração.

      Obrigada por sua amizade e amor incondicional. Eles fizeram nascer esse texto, kkkk.

      Te amo!!!

      Excluir